quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Poesias e História de Outono



As Castanhas
As castanhas dão bom cheiro
Que sai do assador
Mas nem só bom é o cheiro
Bom é também o sabor



As Castanhas II
Castanhas, castanhas
Tão quentinhas com sal.
Quentinhas e assadinhas
A ninguém faz mal.
Castanhas assadinhas
Com sal são saborosas.
Quentinhas e boas
São tão gostosas!

As Castanhas III
Castanhas na brasa
De casca a estalar,
Vós sois o regalo
Do meu paladar.

Os ouriços a sorrir
Mostram no seu interior
As castanhas a dormir
Numa alcofa de rigor.

O vendedor de castanhas
Lá anda, de rua em rua,
Vendendo castanhas quentes
No dia triste com bruma.



A festa do outono

Era uma vez uma fruta muito bonita e cheirosa chamada castanha. Ela vivia num belo jardim, cheio de árvores de todas as cores e tamanhos, o jardim das frutas.
Castanha era muito, muito vaidosa e gostava de andar sempre enfeitada e perfumada.
Certo dia, estava a castanha a limpar a casa quando lhe bateram à porta:
- Truz! Truz!
- Já vou...Bom dia Senhor Figo, como está?
- Muito bem, Dona castanha...olhe trago aqui uma carta para si..parece um convite!
- Obrigado, senhor figo...Até amanhã!
- Até amanhã!
A castanha, muito curiosa, abriu rapidamente o envelope e começou a ler. Era um convite para a festa do outono, que teria lugar no castelo da rainha laranja.
Muito contente, deu pulos de alegria...
- Tenho que ir bonita para esta festa..de certeza que os meus amigos vão estar todos lá.
Foi depressa buscar a sua carteira para ir à loja da dona banana, que ficava do outro lado do bosque. E assim foi...
Estava um lindo dia, cheio de folhas de todas cores espalhadas pelo chão..as árvores estavam vestidas de amarelo, castanho e avermelhado..o outono já tinha chegado!
Algum tempo depois, a castanha chegou à loja da dona banana.
- Bom dia, dona banana!
- Olá bom dia dona castanha! há tanto tempo que não a vejo por aqui...
- É verdade...mas hoje venho por um motivo especial..quero comprar um lindo laço para levar à festa do outono, no castelo da rainha laranja.
- Tenho aqui um laço que lhe deve ficar muito bem..gosta?
- Ah!...é muito bonito! Era mesmo o que eu queria! vou levar..
Contente com o seu laço colorido, a castanha veio a cantar pelo caminho..estava a admirar a beleza daquelas árvores de todas as cores..quando, a certa altura, se deu conta de que estava perdida. Começou logo a chorar, muito aflita:
- Ai, como sou distraída, perdi-me e já não sei voltar para casa. Está a escurecer e eu tenho medo do escuro...também deve estar quase na hora da festa do outono.
Entretanto, uma outra fruta que por ali passava ouviu a castanha a chorar:
- Olá! eu sou a pêra. Precisas de ajuda?
- OLá, snif, eu sou a castanha e estou perdida. fui comprar este laço `` loja da dona banana e já não sei o caminho de regresso para casa que fica no jardim das frutas.
- Não te preocupes, eu sei o caminho...eu estou mesmo a ir para aqueles lados. Vou à festa de amiga minha, a rainha laranja.
- Também vais à festa do outono?
- sim, recebi hoje o convite.
- eu também vou para lá. Se calhar podemos ir juntas, não achas?
- Sim, acho uma óptima ideia. Eu não gosto de andar sozinha.
E lá foram as duas, viram que todos os seus amigos já lá estavam, a rainha laranja, o senhor figo, a dona banana e até a noz e a maçã.
- Ah! Afinal sempre vieram...pela demora pensei que já não vinham!(laranja)
- Pois, também pensei o mesmo. Então?! digam lá o que aconteceu (noz)
- Vocês nem imaginam...acreditam que eu me perdi no bosque?(castanha)
- A sério ? mas como é que encontraste o caminho de volta?(maçã)
- Fui eu que a ajudei..agora até somos amigas ehhehe(pêra)
- Ah que bom! Finalmente os meus amigos todos reunidos! Agora sim, podemos começar a festa!(laranja)
Todos se divertiram muito, dançaram, riram e cantaram juntos....

1 comentário:

efilipe disse...

No meu cantinho, tenho também algumas propostas de Outono para partilhar. Visita:

eraumaeoutravez.blogspot.com
e doiscontigo.blogspot.com